NOSSA PÁGINA

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Piau Leporinus piau (Fowler, 1941) ; Fauna do RN.

     Peixe de água doce conhecido popularmente como piau três pintas, piau preto, piau gordura ou piau,mas cientificamente foi denominado Leporinus piau (Fowler, 1941). L. piau  pertence a família Anostomidae que atualmente possui cerca de 130 espécies válidas. Segundo Britski et al., (1984) a espécie é encontrada em todas as bacias hidrográficas e abundante em todas os rios, riachos,lagos, lagoas e açudes do Nordeste brasileiro. Apresenta elevada importância na pesca comercial e esportiva, sendo muito apreciado por pescadores da região. É uma espécie bastante ágil de pequeno a médio porte que pode atingir  acima dos 400 gramas de peso corporal.
Piau fotografado após uma pescaria no município de Monte Alegre,Rio Grande do Norte, e identificado através da foto pelo Doutor Heraldo Britski.
     Apresenta hábito alimentar onívoro,alimentando-se de vegetais, algas, sementes e restos de insetos, sendo assim importante ecologicamente como peixe forrageiro e condições favoráveis para ser utilizada na piscicultura uma vez que aceita ração (GOMES & VERANI, 2003; ALVIM e PERET,2004). L. piau da ordem Characiformes é um importante componente ecológico dos rios da América do Sul. A aniquilação de uma espécie dessa ordem pode gerar grande impacto no ciclo ecológico da degradação e síntese de moléculas orgânicas de carbono na natureza. Na figura abaixo a distribuição geográfica(pontos amarelos no mapa indicam a ocorrência da espécie) de Leporinus piau.
TAXONOMIA:
Classe: Osteichthyes
Sub-classe: Actinopterygii
Ordem: Characiformes
Família: Anostomidae
Gênero: Leporinus
Espécie: Leporinus piau (Fowler, 1941)
(Fonte:FishBase,2009)

Referências biliográficas: 
Nascimento, Wallace Silva do. Diversidade Ictiofaunística e Ecologia reprodutiva de uma espécie nativa de peixe da Bacia Piranhas-Assu, RN. 2010. 130 f. Dissertação de Mestrado em Bioecologia Aquática– Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal.
Teixeira, Janildes Leites de Amorim & Gurgel,Hélio de Castro Bezerra. Ocorrência e Distribuição Temporal da Ictiofauna do Açude Riacho da Cruz, no Rio Grande do Norte. Revista Ceres, 52(300):317-324,2005.
Freire, Adauberto Antônio Valera. Fauna Potiguar. Natal: EDUFRN, 1997.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Olá;

    Sou bióloga e estou tentando organizar meus arquivos de fotos da fauna de Jenipabu -rn. Já tenho muitas informações mas seu blog me ajudou muito. Parabéns pela iniciativa. Se quiser se corresponder comigo: carlabsales@gmail.com

    ResponderExcluir