NOSSA PÁGINA

sábado, 2 de abril de 2016

Socó-boi Tigrisoma lineatum (Boddaert, 1783)

Socó-boi Tigrisoma lineatum (Boddaert, 1783),indivíduo adulto, observado ás margens do Rio Seridó em Jardim do Seridó,Rio Grande do Norte.
   Ave conhecida popularmente como Socó-boi, Socó-boi-ferrugem, Socó-pintado, Socó-onça, Iocó-pinim e Taiaçu, entretanto seu nome científico é único, Tigrisoma lineatum(Boddaert, 1783). Qual a o significado desse nome? A primeira palavra, o gênero Tigrisoma é formada por duas palavras de origem grega, vem de Tigris que quer dizer tigre e soma que quer dizer corpo; enquanto que a segunda palavra lineatum é de origem latina, vem de lineatum,lineatus,linea que quer dizer marcado com linhas. Sendo assim seu nome científico significa literalmente "Tigre corpo marcado com linhas", ou seja, transmite a ideia de uma ave que tem o corpo marcado com linhas como o tigre.

   Pertence a família Ardeidae da qual também fazem parte por exemplo o Socozinho(Butorides striata), a garça-vaqueira(Bubulcus ibis), a garça-azul(Egretta caerulea) e o savacu(Nycticorax nycticorax).
     É uma espécie de bico muito longo e os indivíduos adultos podem atingir cerca de 93 cm de altura, sendo a plumagem desses(tanto machos como fêmeas) adquirida com dois anos de idade, sendo identificados através do pescoço castanho e manto pardo-acinzentado, vermiculado de acanelado. Enquanto que indivíduos imaturos apresentam uma plumagem diferente, sendo frequentemente amarela com faixas transversais pretas, garganta e ventre brancos e bico relativamente curto. 
    Alimenta-se principalmente de peixes e anfíbios, mas incluí também em sua dieta répteis, crustáceos e insetos.  De hábito solitário, habita áreas de vegetação  que margeiam ambientes aquáticos, como rios, pântanos e brejos e nidifica no alto das árvores. Ocorre em todo território brasileiro, na Argentina e da  América Central à Bolívia.
      Durante as minhas excursões pelo estado do Rio Grande do Norte tenho observado essa espécie em todas as mesorregiões do território potiguar, que são: Leste potiguar, Agreste Potiguar, Central Potiguar e Oeste Potiguar. As minhas últimas observações foram nos municípios de Jucurutu, Luís Gomes e Monte Alegre.


Referências

FREIRE, A. A. 1999. Lista Atualizada de Aves do Estado do Rio Grande do Norte. Natal: Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte-IDEMA. 20 p.
GOP, F. Sagot-Martin. Lista I aves RN-arquipélagos extr. NE Brasil. Táxeus | Listas de espécies. 10/01/2003.

LIMA, Pedro Cerqueira. Aves do litoral norte da Bahia. – 1 ed. – Bahia: AO, 2006.

SICK, H. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. 1997. 863p.

Sigrist, Tomas. Guia de Campo Avis Brasilis, Avifauna Brasileira. Editora Avisbrasilis, Vinhedo, São Pailo, 2009. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário