NOSSA PÁGINA

sábado, 31 de julho de 2010

Borboleta Pingos-de-prata( Agraulis vanillae); Fauna do RN



   Essa borboleta é conhecida popularmente como Pingos-de-prata e cientificamente como Agraulis vanillae. essa espécie é muito comum em todo Brasil.,visitando plantas cultivadas,em jardins. Alcança até 75mm de envergadura. têm voo rápido,irregular e baixo,rente à vegetação próxima do solo. Põe os ovos isoladamente em folhas ou ramos jovens,que servirão de alimento para suas lagartas,consideradas pragas do maracujá cultivado.
As borboletas e as mariposas fazem parte do grupo Lepidóptera(asas com escamas), uma ordem do grande grupo dos Insetos.

BIBLIOGRAFIA:

Petrobrás. Serco. Espécies da Fauna Brasileira. 1.ed. Rio de Janeiro,1982.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Borboleta Caixão-de-defunto(Papilio thoas brasiliensis); Fauna do Rio Grande do Norte.

Foto: Felipe Castro.
   Essa Borboleta de beleza espetacular é conhecida popularmente como Caixão-de-defunto,Espia-só,Papílio e cientificamente como Papilio thoas brasiliensis. Ela é bastante comum no Brasil e pode chegar a 130mm de envergadura. Ocorre o ano inteiro e vive nas matas,em regiões de clareiras ensolaradas. Alimenta-se do néctar de diversas flores,como a do hibisco,do cambará ou de outras espécies perfumadas. Quando em pouso, movimenta as asas continuamente. Os ovos dessa borboleta são são postos sobre vegetais como Capeba,Pariparoba,Cipó-de-cobra ou em plantas cítricas. As lagartas(fase larval) dela alimentam-se das folhas dessas plantas e quando ameaçadas,repelem o agressor pela secreção de substâncias odoríferas produzidas pelo osmetério. Essas lagartas têm aparência que lembra fezes de pássaros. 
   A Papilio thoas brasiliensis pertence a classe dos "Insetos" e a ordem dos Lepidópteros(quer dizer asas com escama). Assim como outras borboletas, a Caixão-de-defunto ao se alimentar do néctar de algumas flores pode estar participando do processo de polinização(transporte do grão de pólen da antera para o estigma) e consequentemente sendo um agente polinizador, contribuindo para a reprodução dessas plantas. Além disso, elas embelezam nossas matas e jardins.

BIBLIOGRAFIA:

Petrobrás. Serco. Espécies da Fauna Brasileira. 1.ed. Rio de Janeiro,1982.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Anum-branco(Guira Guira); Fauna do Rio Grande do Norte.

   Ave conhecida popularmente como Anum-branco,Rabo-de-palha ou Alma-de-gato e cientificamente como Guira guira. pertence a família Cuculidae. É uma espécie muito sociável,andam sempre em bandos de 7 ou mais indivíduos pelas calçadas e jardins de cidades se alimentando de restos de alimentos. Alcançam 38cm de comprimento. Sua vocalização é alta e estridente: “iä, iä, iä” (chamada e grito durante o vôo); “i-i-i-i” (advertência); seqüência fortemente descendente e decrescendo de melodiosos “glüü” (canto); cacarejo baixo. Se alimentam de insetos como gafanhotos e percevejos,aranhas,miríapodes,lagartas,lagartixas,camundongos e frutas. Pescam também em águas rasa. Os ninhos dessa espécie tanto são individuais, como coletivos.
A fêmea que construiu um ninho e ainda não começou a pôr os seus ovos, joga fora os ovos postos ali por outras fêmeas,joga também os ovos, quando a fêmea poedeira encontra o ninho onde quer pôr ocupado por outra ave. Os adultos nem sempre zelam bem pelos ninhos com ovos, abandonando-os. Os filhotes deixam o ninho antes de poder voar, com a cauda curta, e são alimentados ainda durante algumas semanas. Quando os seus ninhos são abandonados, às vezes são aproveitados por outros pássaros, cobras, por pequenos mamíferos, sobretudo marsupiais. Vivem em campos,lavouras e ambientes mais abertos. São comuns ao longo de estradas devido ao seu comportamento migratório e por terem um vôo lento frequentemente são atropeladas nas estradas. O Anum-branco é muito vulnerável ao frio e no inverno pode até morrer de frio. Essa ave ocorre em praticamente todo Brasil e também na Bolívia,Argentina e Uruguai. Não mate,aprisione,compre ou venda aves silvestres sem autorização de um órgão responsável. É crime!

BIBLIOGRAFIA:
Freire, Adauberto Antônio Valera. Fauna Potiguar. Natal: EDUFRN, 1997
 
Freire, A. A. 1999. Lista Atualizada de Aves do Estado do Rio Grande do Norte. Natal: Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande doNorte-IDEMA.
                           
Neto, Miguel Rocha. Guia ilustrado: fauna da escola das dunas de Pitangui-ecossistemas terrestre. Natal: moura ramos, 2001.
Disponível em: http://www.wikiaves.com.br/anu-branco Acesso em: 29/07/2010.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Anum-preto(Crotophaga ani); Fauna do RN

 
   Ave conhecida popularmente como Anu-preto e cientificamente como Crotophaga ani. Ela pertence a família Cuculidae, sendo parente próxima dos Anus-branco e Almas-de-gato.
O Anu-preto alcança 36cm quando adulto, de cor preto uniforme,bico forte,alto e curto. Podem formar casais mas geralmente vivem em bandos de até 15 indivíduos.
 O cheiro do corpo é forte e característico,perceptível para nós a vários metros e capaz de atrair morcegos hematófagos e animais carnívoros. Possui mais de 12 vozes diferentes,às vezes parecem estar imitando a voz de outra ave. Alimenta-se de insetos,aranhas,miriápodes,lagartas,lagartixas,camundongos,frutos,sementes e pescam na água rasa. Quando pousam sobre o dorso dos bois geralmente o fazem para ampliar seu campo visual.
As fêmeas, embora possuam ninhos individuais, se associam mais freqüentemente a um ou dois casais do seu bando para construir ninho coletivo, pôr ovos e criar a prole juntas, tendo a cooperação de machos e filhotes crescidos de posturas anteriores. Seus ninhos são grandes e profundos. Pode acontecer de um ninho ser ocupado por 6 ou 10 aves, e conter 10, 20 e até mais ovos. A postura de uma fêmea é calculada em 4 a 7 ovos. A incubação é curta, dura de 13 a 16 dias, são criados com sucesso 6 filhotes por vez. Vive em áreas abertas, regiões cultivas e áreas urbanas,sendo facilmente visto durante o dia. Ocorre da Flórida à Argentina e todo o Brasil. é uma ave inofensiva para o homem. Não mate,aprisione,compre ou venda aves silvestres sem autorização de um órgão responsável. É crime!


BIBLIOGRAFIA:
Freire,Adauberto Antônio Valera. Fauna Potiguar.Natal:EDUFRN,1997
Freire, A. A. 1999. Lista Atualizada de Aves do Estado do Rio Grande do Norte. Natal: Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande doNorte-IDEMA.
Neto,Miguel Rocha. Guia ilustrado:fauna da escola das dunas de pitangui-ecossistemas terrestre. Natal: moura ramos,2001.

Disponível em: http://www.wikiaves.com.br/anu-preto Acesso em: 28/07/2010. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 27 de julho de 2010

Ipê roxo(Tabebuia impetiginosa); Flora do Rio Grande do Norte.

Fonte:http://www.tokowow.com/wp-content/uploads/2015/06/Jual-Bibit-Tabebuia-Impetiginosa-1.jpg
   Árvore conhecida popularmente como Ipê roxo,Pau-d arco-roxo,Ipê-una,Ipê preto e cientificamente como Tabebuia impetiginosa. Pertence a família Bignoniaceae. O Ipê roxo pode atingir 12m de altura. Essa espécie ocorre tanto na mata pluvial atlântica como na floresta semidecídua,ocasionalmente no cerrado. Hà registros dela nos seguintes estados brasileiros: Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Goiás, São Paulo e Minas Gerais. Reflita: A madeira dela é adequada para construções externas,como dormentes,postes etc,para esquadrias,para trabalhos de torno,confecção de artigos esportivos,como locas de boliche,acabamentos internos,como tábuas para assoalhos,degraus de escada,etc. para carrocerias e instrumentos musicais.
   É uma árvore ornamental quando está florida e uma ótima opção para arborização urbana. É tambem adequada para compor reflorestamentos com fins ecológicos. Planta decídua durante o inverno,heliófita,característica das florestas semidecídua e pluvial. Apresenta ampla dispersão,porém descontínua em toda sua área de distribuição.
Floresce nos meses de maio-agosto. Os frutos amadurecem em setembro-outubro. A infusão das cascas tem aplicação no combate à sarna,daí veio o seu específico impetiginosa,isto é,contra o impetigo.


BIBLIOGRAFIA:

LEVANTAMENTO FLORÍSTICO DO PARQUE ESTADUAL DAS DUNAS DE NATAL. Disponível em: www.parquedasdunas.rn.gov.br/flora.asp  Acesso em: 27/07/2010.
Lorenzi,Harri,Árvores brasileiras:manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil,vol.1.4 ed. Nova Odessa,SP:Instituto Plantarum,2002.
Renato Braga. Plantas do Nordeste,especialmente do Ceará. coleção mossoroense-volume XLII
Fonte da 1ªfoto:http://www.tokowow.com/wp-content/uploads/2015/06/Jual-Bibit-Tabebuia-Impetiginosa-1.jpg

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...