NOSSA PÁGINA

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Aranha de teia(Nephila clavipes); Fauna do Rio Grande do Norte.
















Aranha conhecida popularmente como Aranha de teia ou Aranha de teia geométrica e cientificamente como Nephila clavipes. Essa aranha ocorre em todo Brasil e vive no bioma Mata Atlântica. São ativas durante o dia e a noite. A aranha de teia se alimenta principalmente de insetos. Quanto a reprodução,ela é ovípora. Seu tamanho varia de 3 a 5 cm de corpo. A sua disposição ocular é 4-4. É uma espécie de aranha tecedeira, construindo teias grandes circulares de coloração amarelada. Os fios altamente resistentes são entrelaçados com fios de reforço na área central da teia em forma de zig- zag. Devido a alta resistência dos fios, podem até se tornarem armadilhas para pequenas aves,como o beija-flor. 
    Ocupam os espaços entre a vegetação,ao longo de áreas de vôo dos insetos em áreas de florestas nas margens de rios, preferindo locais sombreados. Ela também é sinantrópica,vivendo nas áreas externas das moradias, construindo refúgio junto às paredes próximo de luminárias,facilitando a captura de presas. Essa aranha pertence a família Araneidae. Algumas características dessa família é: teias orbiculares; olhos medianos posteriores possuem tapetum. A aranha de jardim também pertence a essa família. Ela possui veneno, mas que não é letal para o ser humano, ou seja, ela não é considerada uma espécie perigosa para o ser humano, mas deve-se evitar o manuseio de animais peçonhentos de um modo geral, pois não sabemos se somos alérgicos a determinado tipo veneno ou não.
Essas fotos foram tiradas na RPPN Mata da Estrela,município de Baía Formosa,Rio Grande do Norte. Preserve a natureza!


BIBLIOGRAFIA:
 
Principais Aracnídeos de Importância Médica. Museu Instituto Butantan.[PDF]. RUPPERT, E. E; FOX, R. S; BARNES, R. D. Zoologia de Invertebrados. Sétima Edição. Editora Roca. 2005. São Paulo. SP.
Selma Torquato da Silva ... [et al.]. Escorpiões, aranhas e serpentes : aspectos gerais e espécies de interesse médico no Estado de Alagoas. Maceió : EDUFAL,2005. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 comentários:

  1. Uma aranha muito bonita que tem uma teia muito resistente.

    ResponderExcluir
  2. Olá SRM,fico feliz com sua participação nesse blog. essa aranha é realmente muito linda.
    abraço,
    Chicozoo.

    ResponderExcluir
  3. No fragmento florestal do meu sítio há muito Destas N. clavipes, eu queria saber se há risco com seu veneno?
    Grande Variedade, uma mais linda que a outra!

    ResponderExcluir
  4. A Preocupação de ser venenosa é com as crianças que lá brincam.
    Deixo o meu e-mail para a Resposta
    jaumpio2@hotmail.com
    Agradeço desde Já!

    ResponderExcluir
  5. eu tenho criaçao dessas tenho mais dez potes com essas aranhas eu estou reproduzindo elas

    ResponderExcluir
  6. Por favor, me ajudem, tenho diverso dessas no meu pátio.. Sempre que encontro algum inseto jogo ele na teia, só pra ver ela fazer seu trabalho.. Esses tempos reparei que elas só tem 7 patas.. Eu primeiramente achei que fosse apenas uma que tivesse sido 'amputada'. Mas como faz um tempo que admiro elas, reparei que TODAS tem apenas 7 patas, inclusive as pequenas que ficam junto na teia.. Imaginei que fosse característica da espécia, mas agora pesqiusando na internet reparei que elas tem 8, como a maior parte dos aracnídeos. ALguém sabe me dizer o motivo disso? Alguma anomalia por causa do habitat daqui? Obrigado!

    ResponderExcluir
  7. Tenho uma na minha sacada do apartamento, nao quero mata-la, mas ja vi uns 4 machos pequenos por perto. Receio q ira se reproduzir dai sera um problema para os vizinhos. Tem alguma maneira de remove-la sem machucar, alguma dica? Desta forma posso solta-la em um parque. Agradeço a ajuda, contato:poulreis@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  8. https://scontent-gru.xx.fbcdn.net/hphotos-xfp1/v/t1.0-9/11025804_793970627305921_4572298273241610336_n.jpg?oh=a6c6b91a3026ee6ee204c3eb514fc021&oe=554E1BBF


    Essa figura veio parar no pátio da minha casa. Agradeço a esse blog, pois ajudou a sanar meu interesse em saber qual era a espécie deste serzinho. :)

    ResponderExcluir