NOSSA PÁGINA

sábado, 18 de setembro de 2010

Gafanhoto-de-Coqueiro(Eutropidacris cristata L.,1758); Fauna do RN.


Animal conhecido popularmente como Gafanhoto-de-Coqueiro,Tucurão ou Gafanhotão, e cientificamente como Eutropidacris cristata. Essa espécie tenhe ampla distribuição no Brasil,sendo encontrado facilmente  nos ecossistemas de tabuleiros do Rio Grande do Norte. Pelo fato de se alimentarem de folhas(fitófagos), são nocivos a vegetação,chegando as vezes a ser considerados como praga. Pode atacar muitas espécies vegetais de interesse econômico, como:coqueiro,abacateiro,algodoeiro.arroz,bananeira,cana-de açúcar,citros,carnaúba,mandioca,mamona,eucalipto outras. 
O Gafanhoto-de-Coqueiro é um inseto da ordem Orthoptera que pertence a família Acrididae, a qual compreende os gafanhotos propriamente ditos. Esta família estar dividida em dois grupos,de acordo com seu comportamento:sedentários,com hábito solitário e pouco nocivos; e migratórios,que podem formar as chamadas "nuvens de gafanhotos",capazes de devastar plantações inteiras e causar grandes prejuízos(Gallo et al. 1988),pelo fato de se multiplicarem rapidamente e migrarem para diferentes ambientes(Borror & Delong,1988). Esse inseto atinge 110mm de comprimento em média e 15mm de largura,asas anteriores com cerca de 90mm de comprimento e coloração verde-pardacenta,enquanto as asas posteriores são esverdeadas,com leve tonalidade azulada. 
As fêmeas põem os ovos no chão e, quando emergem, recebem o nome de "mosquitos", após atingirem certo desenvolvimento são chamados de "saltões", cujas asas ainda são rudimentares, e só depois alcançam a fase adulta. 
Por incrível que pareça para alguns,a espécie humana come gafanhotos desde tempos remotos,prova disso é só vermos alguns trechos de livros antiguíssimos como a Bíblia e o Corão. vejamos na Bíblia no livro de Levítico,capítulo 11 e versículo 22:"Deles comereis estes:(...) o gafanhoto devorador segundo a sua espécie,o grilo segundo a sua espécie, e o gafanhoto segundo a sua espécie."Ainda na Bíblia,agora no evangelho segundo escreveu Mateus,no capítulo 3 e versículo 4 diz que a alimentação de João Batista era gafanhotos e mel silvestre. No Corão diz:"Aquele que não come de meus gafanhotos, e de meus camelos e de minhas tartarugas,não é digno de mim,diz o profeta." Ainda hoje, em vários países do Oriente há pratos com gafanhotos. As fotos acima foram tiradas na RPPN Mata Estrela,localizada no município de Baía Formosa,Rio Grande do Norte.
Palavras chave:Fauna do RN; Insetos no RN;Orthoptera no RN; Acrididae no RN;Gafanhoto no RN.
REFERÊNCIAS:
Freire, Adauberto Antônio Valera. Fauna Potiguar. Natal: EDUFRN, 1997.
Neto, Miguel Rocha. Guia ilustrado: fauna da escola das dunas de Pitangui-ecossistemas terrestre. Natal: moura ramos, 2001.
Eurico Santos. Os Insetos(Vida e Costumes).Vol.9. Belo Horizinte:Itatiaia.1982.
Revista Árvore, Viçosa-MG, v.27, n.1, p.105-107, 2003.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário