NOSSA PÁGINA

quarta-feira, 9 de março de 2011

Lagarto Bico doce Ameiva ameiva(LINNAEUS, 1758); Fauna do RN


Foto: Marques R. S.
     Lagarto conhecido popularmente como Bico doce ou Lagarto verde,mas cientificamente como Ameiva ameiva. O Bico doce pertence a família Teiidae, a mesma família do Teiú(Tupinambis teguixin). Ameiva ameiva é um lagarto de hábitos diurno,terrícola, e que se abriga em buracos feitos por ele mesmo. Movimenta-se bastante ciscando na vegetação de solo, entre o folhiço e debaixo de pedras e troncos de árvores.
      É o lagarto mais encontrado em clareiras e à beira da estrada e é um dos poucos que ocorre tanto em áreas de mata como de vegetação aberta. Por ser uma espécie heliotérmica,ou seja,um animal pecilotermo que se aquece ao sol, é encontrado em ambientes ensolarados da floresta, como em situações de borda, ao longo de cursos d’água e em clareiras naturais relativamente grandes; raramente é visto nas áreas mais sombrias. Ocorre também em áreas desmatadas e cidades. Em dias nublados quase não é visto. 
     Tamanho da desova variável (1-11). O comprimento rostro cloacal ou comprimento rostro anal dessa espécie, alcança nos machos adultos 190 mm e nas fêmeas 160 mm. Corpo cilíndrico, cauda circular em seção transversal, patas traseiras compridas e musculares. Dorsais granulares e ventrais grandes, retangulares, lisas, em 10 fileiras longitudinais. O padrão de colorido varia com a idade, mas quase sempre existe alguma coloração verde na superfície dorsal e lateral. Ameiva ameiva ocorre em grande parte das áreras tropicais e subtropicais da América do Sul, a leste dos Andes, estendendo-se ao norte até o Panamá. Alimenta-se de artrópodes, pequenos vertebrados,alguma carniça e material vegetal.

REFERÊNCIAS:
Freire,Adauberto Antônio Valera. Fauna Potiguar.Natal:EDUFRN,1997
Neto,Miguel Rocha. Guia ilustrado:fauna da escola das dunas de pitangui-ecossistemas terrestre. Natal: moura ramos,2001. pg:81.
www.natal.rn.gov.br/semurb/paginas/File/Livro_Parque.pdf
Guia de Lagartos da Reserva Adolpho Ducke, Amazônia Central =Guide to the Lizards of Reserva Adolpho Ducke, Central Amazonia /Vitt et al. – Manaus : Áttema Design Editorial, 2008. Pgs:131-133.
Crédito das foto:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Olá amigo Chico,

    adorei essa postagem,pois como caririzeiro,conheçe de perto o bico doce,que está sempre a procura de um ovo de galinha,que esteja de bobeira...

    Abraço.
    Paulo Romero.
    Meliponário Braz.

    ResponderExcluir