NOSSA PÁGINA

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Pereiro Aspidosperma pyrifolium Mart.

   Planta conhecida popularmente como Pereiro, Pau-pereiro, Pereiro-branco, Pereiro-preto,Pereiro-vermelho, Pereiro-de-saia,Pau-de-coaru, Pequiá-da-mata, Peroba-rosa e Trevo. Entretanto seu nome científico é único, Aspidosperma pyrifolium Mart. .
   O nome Pereiro é uma variação de Pereira ou Pé-de-pera, devido a semelhança que o estrangeiro percebeu ao chegar aqui na folhagem daquela planta com essa.
   Espécie de porte arbustivo a arbóreo, podendo atingir até 8m de altura, caule ereto com casca lisa, acinzentada, com lenticelas brancas;  suas folhas são simples, alternas, ovais, glabras ou pilosas, coriáceas, com tamanho variando de 4 a 9 cm; as suas flores formam cimeiras terminais variando de 10 a 15 flores alvas de cheiro agradável; O fruto é do tipo lenhoso, achatado, de 5 a 6 cm de comprimento, castanho-claro; suas sementes são aladas, planas, papiráceas, sendo facilmente dispersadas pelo vento.
   A forma de reprodução desta da-se por sementes, mas se for cortada parcialmente ela volta a se desenvolver a partir de novos brotos que surgem da parte do caule mantida. Na estação seca perde as folhas como adaptação para reduzir a perda d´água por transpiração, mas nas primeiras chuvas surgem novos brotos e flores.  Sua madeira é resistente e apresenta grande durabilidade, sendo útil para trabalhos de marcenaria e carpintaria, como por exemplo: na confecção de cadeira, portas, janelas, esquadrias, ripas, caibros e estacas. Segundo a medicina popular a casca tem efeito tônico, emético e amargo, sendo usada como remédio para o estômago. É indicada para uso ornamental devido a beleza de sua copa piramidal, além das suas flores contribuírem com pólen e néctar para as abelhas.
   Planta decídua, xerófita e heliófita, considerada espécie endêmica do Bioma Caatinga, ocorrendo em todos os estados da região Nordeste do Brasil e norte de Minas Gerais.
   Durante as minhas excursões pelo estado do Rio Grande do Norte tenho observado essa espécie exclusivamente em região Semi-árida, fazendo parte da formação vegetação da Caatinga, sendo as minhas últimas observações nos municípios de Lajes, Parelhas, Carnaúba dos Dantas e Acari.

BIBLIOGRAFIA

FERREIRA,Robério anastácio e CUNHA,Maria do carmo learth. Aspectos morfológicos de sementes, plântulas e desenvolvimento da muda de craibeira (Tabebuia caraiba (Mart.) Bur.) - bignoniaceae e pereiro (aspidosperma pyrifolium mart.) - apocynaceae.

MAIA, G. N. Caatinga: árvores e arbustos e suas utilidades. São Paulo: D & Z Computação Gráfica e Editora, 2004.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 comentários:

  1. Olá amigo, sabe informar se o pereiro tem crescimento rápido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá João, fico feliz com sua participação no blog.

      Em relação a sua pergunta, essa espécie tem crescimento lento, mas tem muitas utilidades e pode por exemplo ser usada para a recuperação de solos erodidos.

      Sucesso e Paz!!!

      Excluir
  2. Olá. A possibilidade da planta pegar de galhos cortados e plantado em solo bem adubado?

    ResponderExcluir
  3. Olá Nessa, fico feliz com sua participação no blog.
    Nessa, eu nunca fiz a tentativa que você citou e também não encontrei nenhuma referência na literatura.
    A forma de reprodução desta da-se por sementes. Segundo MAIA, G. N. o cultivo de mudas deve ser feito assim: "Colocar as sementes para germinação em canteiros de semeadura contendo substrato areno-argiloso. Em seguida cobri-las levemente com o substrato peneirado e irrigar duas vezes ao dia. A emergência ocorre entre 12 e 26 dias com taxa de germinação superior a 50%."

    Sucesso e Paz!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada por responder minha pergunta. Gostaria de compartilhar o porque desta duvida e da experiencia que tive com está planta. Peguei uma galha desta planta para fazer uma arvore de Natal, coloquei a galha em um jarro de barro com terra úmida para ficar mais resistente e não cair. Depois de certo tempo percebi brotos em suas galhas e continuei a aguar para ver se ela realmente estava brotando folhas ou era minha impressão, passou o tempo e hoje me encontro com a planta cheia de folhas, porem ainda não mudei do jarro, então não sei informar se realmente existe raiz , mais pela situação acho que sim. Obrigada pelo espaço !

      Excluir
    2. Olá Nessa, fico feliz com sua participação no blog.

      Que notícia maravilhosa!

      Muitíssimo obrigado por compartilhar sua experiência aqui no blog.

      Sucesso e Paz!!!

      Excluir
  4. Pereiro é uma variedade de macieira cujo fruto é o pêro (em galego é mazá).

    ResponderExcluir