NOSSA PÁGINA

terça-feira, 9 de março de 2010

Borboleta Anartia jatrophae (Linnaeus, 1763); Fauna do RN

   Essa belíssima borboleta é conhecida popularmente em algumas regiões, como Pavão branco,mas a ciência a nomeou como Anartia jatrophae (Linnaeus, 1763) . Ela ocorre nas Américas, sendo encontrada com facilidade em ambientes quentes e abertos,como campos ou parques,onde a água é abundante(Floridata,2001;Struttmann,2004). 
   Os machos dessa espécie patrulham áreas com abundância de plantas hospedeiras a procura de uma fêmea para acasalar. Eles são muito territorialistas e defendem essas áreas de outras espécies. Quando um macho encontra uma fêmea "disposta" a acasalar,ele deposita um espermatófaro para a fêmea durante a cópula. Depois do "namoro",a fêmea com os ovos fertilizados, procura uma planta da espécie Bacopa monnieri,para depositar esses ovos próximo ou na parte inferior das folhas dessa espécie. Esses ovos são pequenos e de cor verde. Depois de um tempo(entre 10-30 dias) surgirão deles,as larvas,que são lagartas, de cor preta com prata ou pontos brancos e apresentam espinhos ramificados. Elas vão se alimentar da planta hospedeira,até chegar o momento de se enclausurar,chegando a fase de crisálida. A crisálida é verde claro com pequenos pontos pretos. No interior desta,a "lagarta se transforma em borboleta adulta", e quando ela está inteiramente formada,as cores das asas já transparecem através da casca. Então,a crisálida começa a se abrir lentamente,e emerge a borboleta adulta.














   A parte superior da borboleta adulta é branca e contém uma mancha redonda preta com uma "luz marrom escuro" em forma de crescente acabamento na asa anterior. As asas anteriores possuem duas manchas semelhantes às da asa anterior. O primeiro par de pernas não são funcionais,dando a aparência de pernas 4 pernas(vê foto1) que é uma característica dos membros da família Nymphalidae,a qual ela faz parte. Não devemos esquecer que ao se alimentar de néctar,não apenas essa, mais muitos outros Lepidópteros fazem o trabalho de polinização,que é importantíssimo para a reprodução das plantas angiospermas.
   Durante as minhas excursões pelo estado do Rio Grande do Norte tenho observado com frequência a presença dessa espécie em todas as regiões do Estado, sendo assim, acredito que ela esteja entre as espécies de borboleta mais comuns do território potiguar e provavelmente entre as mais populares do Brasil, baseado na frequência com que as pessoas postam imagens dela nas redes sociais em diversos estados do país. As fotos que ilustram esse texto, são de espécimes registradas nos municípios de Monte Alegre, Natal e Nísia Floresta,respectivamente. Preserve a natureza!

REFERÊNCIA: 
Anartia jatrophae. Disponível em > animaldiversity.ummz.umich.edu/.../Anartia_jatrophae.html < Acesso em: 09/03/2010.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Esta espécie é Anartia jatrophae (Linnaeus, 1763).
    Miguel Rocha

    ResponderExcluir
  2. Olá!Fico feliz com a sua participação nesse blog. já fizemos a correção de nomenclatura. muito obrigado!!!

    ResponderExcluir