NOSSA PÁGINA

sábado, 23 de julho de 2011

Alga vermelha Gracilaria birdiae Plastino & E. C. Oliveira; Algas do RN

"As algas são organismos autótrofos,ou seja,que fabricam o seu próprio alimento, assim como as plantas a partir de um processo chamado fotossíntese. diferem das plantas por não formarem tecidos e também por não apresentarem raiz,caule,folhas e flores. além de serem a base da cadeia alimentar aquática,elas são responsáveis por liberarem aproximadamente 90% do oxigênio para a amosfera,permitindo que os seres que dependem do oxigênio vivam no planeta terra."
A alga da foto é a espécie Gracilaria birdiae que é de cor vermelho escura,apresenta talo reto,cilíndrico,ramificação subdicotômica a unilateral. Essa espécie ocorre com relativa abundância nas regiões do médio litoral e infralitoral durante todo ano. Ela vem sendo coletada e comercializada por pescadores da praia do rio do fogo, no litoral do Rio Grande do Norte para a extração de ágar. Também é aproveitada como matéria-prima para remédios, laxativos e gomas. O ágar é muito utilizado também em pesquisas, como meio de cultura para desenvolvimento de microrganismos. O ágar foi usado, na Grécia antiga, como produto rejuvenescedor e, hoje, vem sendo usado na cicatrização de queimaduras.

REFERÊNCIAS:

Soriano,Eliane Marinho&Carneiro,Marcella A. do A.&Soriano,Jean Paul. Manual de Identificação das Macroalgas Marinhas do Litoral do Rio Grande do Norte.-NATAL,RN:EDUFERN-Editora da UFRN,2008.Pgs:86 e 87.

Santos ,Liliane Barbosa dos;Davim Marcella Araújo do Amaral Carneiro;Azevedo Carolina Angélica Araújo de;Soriano,Eliane Marinho. ASPECTOS POPULACIONAIS DE Gracilaria birdiae (RHODOPHYTA, GRACILARIALES) EM UMA ÁREA RECIFAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Disponível em: http://www.sbpcnet.org.br/livro/62ra/resumos/resumos/1050.htm Acesso em: 23/07/2011.
Crédito da Foto. Disponível em:
http://www.fotolog.com.br/gracilariopsis/8589311 Sony FD MAVICA  Acesso em: 23/07/2011.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Escorpião pequeno de solo Bothriurus asper (Pocock, 1893); Fauna do RN

 













     Das 1.600 espécies de escorpiões conhecidas no mundo, apenas cerca de 25 são consideradas de interesse em saúde. No Brasil, existem cerca de 160 espécies, sendo as responsáveis pelos acidentes pertencentes ao gênero Tityus que tem como característica,entre outras, a presença de espinho sob o ferrão. Das 160 espécies que ocorrem no país,apenas 4 espécies são muito perigosas, sendo as maiores causadoras de acidentes graves, são elas: Escorpião do Nordeste(Tityus stigmurus), Escorpião amarelo(Tityus serrulatus), Escorpião preto(Tityus bahiensis) e o Escorpião preto da Amazônia(Tityus paraensis).

ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A ESPÉCIE Bothriurus asper (Pocock, 1893) :
O Escorpião pequeno de solo (Bothriurus asper) é uma espécie considerada de menor relevância para a saúde pública tendo em vista que aparentemente não provoca acidentes graves na região Nordeste (LIRA-DA-SILVA et. al.1997) de onde é originário, embora nada se saiba sobre a potencialidade de seu veneno. Principais características: 2 a 4 cm de comprimento; coloração marrom com uma faixa longitudinal amarela na região dorsal do tronco; ausência de espinho sob o ferrão. Distribuição geográfica: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Mas foi registrada recentemente(entre 2002 e 2004) no Distrito Federal como espécie introduzida provavelmente pelo homem,colonizando locais peri-urbanos do Distrito Federal. Preserve a natureza!!!!


CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA:

Reino:Animalia

Filo:Arthropoda

Classe:Arachinida

Ordem:Scorpiones

Família:Bothriuridae

Gênero: Bothriurus

Espécie:Bothriurus asper (Pocock, 1893).

REFERÊNCIAS:
Secretaria de Vigilância em Saúde,Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de Controle de Escorpiões .Brasília. MS,2009.
Disponível em: > www.natal.rn.gov.br/semurb/paginas/File/Livro_Parque.pdf < Acesso em: 11/07/2011. 
Disponível em: www.parquedasdunas.rn.gov.br/fauna.asp  Acesso em: 11/07/2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Aranha de Grama Lycosa erythrognatha; Fauna do RN

     Aranha conhecida popularmente como Aranha de grama,Aranha de jardim,Aranha lobo ou Tarântula. Mas seu nome científico é Lycosa erythrognatha.
Foto:Carla Reis 
     Quando adulta a espécie L. erythrognatha pode atingir de 2 a 3cm de corpo e de 6 a 8cm de envergadura das pernas, apresenta a região dorsal acinzentada, com uma faixa longitudinal clara no cefalotórax ,com estrias radiantes para os lados. No abdômen possui um desenho negro em forma de seta,apresentando ainda a região ventral negra e quelíceras com pêlos avermelhados.
Foto: Manoel Moraes Jr. 
Essa espécie é encontrada em todo território brasileiro, sendo muito comum na zona urbana e encontrada com frequência em jardins e gramados. É uma aranha de hábitos errantes, abrigando-se entre o folhiço acumulado na superfície de sub bosques e florestas, construindo seu ninho unindo folhas secas com fios de seda. Quando sente-se ameaçada pode apresentar comportamento defensivo semelhante ao da aranha armadeira,erguendo os dois primeiros pares de pernas.
     Seu veneno é pouco tóxico para o ser humano, tendo sido registrado na maioria dos acidentes apenas dor discreta e transitória no local da picada. O tratamento geralmente não é necessário, eventualmente a dor poderá ser controlada com analgésicos orais. Ela é ativa tanto durante o dia como a noite e se alimenta principalmente de insetos e outras aranhas. Quanto a reprodução é ovípara. É rápida e caçadora cursória, podendo penetrar em habitações humanas, tentando fugir quando molestadas.
CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA:
Reino:Animalia
Filo:Arthropoda
Classe:Arachinida
Ordem:Araneae
Subordem:Araneomorphae
Família:Lycosidae
Gênero:Lycosa
Espécie: Lycosa erythrognatha (Lucas,1836).

REFERÊNCIAS:


Selma Torquato da Silva... [et al.]. Escorpiões, aranhas e serpentes: aspectos gerais e espécies de interesse médico no Estado de Alagoas. Maceió: EDUFAL, 2005.
Principais aracnídeos. Disponível em:  http://www.sapienscursos.com.br/login_professor/lima/principais%20aracnideos.pdf Acesso em: 06/07/2011.
Tarântula. Disponível em:http://araneae.hdfree.com.br/tarantula.html  Acesso em: 06/07/2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...