NOSSA PÁGINA

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Escorpião pequeno de solo Bothriurus asper (Pocock, 1893); Fauna do RN

 













     Das 1.600 espécies de escorpiões conhecidas no mundo, apenas cerca de 25 são consideradas de interesse em saúde. No Brasil, existem cerca de 160 espécies, sendo as responsáveis pelos acidentes pertencentes ao gênero Tityus que tem como característica,entre outras, a presença de espinho sob o ferrão. Das 160 espécies que ocorrem no país,apenas 4 espécies são muito perigosas, sendo as maiores causadoras de acidentes graves, são elas: Escorpião do Nordeste(Tityus stigmurus), Escorpião amarelo(Tityus serrulatus), Escorpião preto(Tityus bahiensis) e o Escorpião preto da Amazônia(Tityus paraensis).

ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A ESPÉCIE Bothriurus asper (Pocock, 1893) :
O Escorpião pequeno de solo (Bothriurus asper) é uma espécie considerada de menor relevância para a saúde pública tendo em vista que aparentemente não provoca acidentes graves na região Nordeste (LIRA-DA-SILVA et. al.1997) de onde é originário, embora nada se saiba sobre a potencialidade de seu veneno. Principais características: 2 a 4 cm de comprimento; coloração marrom com uma faixa longitudinal amarela na região dorsal do tronco; ausência de espinho sob o ferrão. Distribuição geográfica: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Mas foi registrada recentemente(entre 2002 e 2004) no Distrito Federal como espécie introduzida provavelmente pelo homem,colonizando locais peri-urbanos do Distrito Federal. Preserve a natureza!!!!


CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA:

Reino:Animalia

Filo:Arthropoda

Classe:Arachinida

Ordem:Scorpiones

Família:Bothriuridae

Gênero: Bothriurus

Espécie:Bothriurus asper (Pocock, 1893).

REFERÊNCIAS:
Secretaria de Vigilância em Saúde,Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de Controle de Escorpiões .Brasília. MS,2009.
Disponível em: > www.natal.rn.gov.br/semurb/paginas/File/Livro_Parque.pdf < Acesso em: 11/07/2011. 
Disponível em: www.parquedasdunas.rn.gov.br/fauna.asp  Acesso em: 11/07/2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Francisco,
    parabéns pelo seu blog.
    Estava a procurar-pesquisar sobre a umburana de cambão com relação as abelhas nativas.
    Não encontrei no seu blog algo sobre as abelhas nativas, principalmente a Jandaíra, Melipona subnitida.
    Alexandre APIME - www.apimeabelhanativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Bom Dia!
    Minha casa em Três Lagoas-MS está infestada desses escorpiões, em um ano, encontramos mais de 400. Pesquisei muito na internet, fui em algumas vigilâncias sanitárias e ninguém sabia precisar qual era essa espécie. Hoje o CCZ da cidade veio em casa e me disse que esses escorpiões são da espécie Bothriurius e pesquisando agora encontrei nesse site a espécie que encontro em casa. Segundo a moça do CCZ essa espécie não é venenosa, apenas podem causar problemas caso alguém seja alérgico ao seu veneno, assim como ocorrem com picadas de abelhas para quem também é alérgico. Como eu disse ao pessoal do CCZ, não me preocupo muito comigo e com o meu marido, já que quando vemos os matamos, porém tenho uma cachorra em casa e agora estou grávida. Ela disse para não me preocupar e apenas tomar algumas atitudes para evitar, como fechar ralos dos banheiros e das pias. Não deixar entulho, etc. Porém moro em um bairro novo da cidade e segundo informações que obtive aqui era uma fazenda e que tinha muito problema com escorpiões. Enfim, agora estou mais tranquila.

    ResponderExcluir