NOSSA PÁGINA

terça-feira, 29 de junho de 2010

Gato Mourisco(Puma yagouaroundi (E. Geoffroy, 1803); Fauna do Rio Grande do Norte.



Fonte: http://www.kaieteurnewsonline.com/images/2011/07/Jaguarundii.jpg
Conhecido popularmente como Gato-mourisco,gato vermelho ou Jaguarundi(Puma yagouaroundi), esse felino ocorre em todo Brasil com exceção do sul do estado do Rio Grande do Sul. Sua distribuição estendende-se desde o sul do texa até as províncias de buenos aires e Rio Negro na Argentina. Habita os seguintes biomas brasileiros:Mata Atlântica,Caatinga,Amazônia,Cerrado,Pantanal e Campos sulinos. São animais terrestres de hábitos solitários,unindo-se apenas para acasalar e são ativos predominantemente durante o dia. Carnívoro como os demais felinos,o Jaguarundi se alimenta de pequenos roedores,aves,répteis e anfíbios. entram em cío nos últimos meses do ano. O período de gestação varia de 72 a 75 dias,quando nascem de 2 a 3 filhotes por parto.
É uma espécie de porte médio com comprimento variando de 49 a 77 cm (média 63cm), a cauda é longa de 28 a 59 cm (média 42cm) e peso em torno de 5,2kg (3-7kg). Possui uma aparência distinta, sem a presença de manchas, cabeça pequena, alongada e achatada, e orelhas pequenas e bem arredondadas. As pernas são relativamente curtas em relação ao corpo. A coloração é uniforme, apresentando três tipos básicos: amarronzada-negra, acinzentada e vermelho-amarelada. Os indivíduos de coloração mais escura estão associados a florestas, enquanto os mais claros a ambientes mais secos e abertos.

Fonte:http://www.kaieteurnewsonline.com/images/2012/04/Jag.jpg

   A espécie é classificada como vulnerável no estado do Rio Grande do Sul, presumidamente ameaçada de extinção em Minas Gerais, deficiente em dados no Paraná, espécie de preocupação menor na Lista Vermelha mundial da IUCN, e citada no apêndice I da CITES. É o único felino brasileiro que não consta na Lista da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção. Reflita: A principal ameaça não apenas para esse felino,mas para todos os gatos silvestres brasileiros, é a fragmentação e destruição de habitats, já que os felinos geralmente precisam de grandes áreas para viverem bem. Esse animal ainda ocorre em nosso estado,no bioma de Caatinga e provavelmente no que ainda resta da nossa Mata Atlântica.
BIBLIOGRAFIA:
REIS, dos R. R.; PERACCHI, A. L.; PEDRO, W. A.; LIMA, de I. P. Mamíferos do Brasil. Londrina, 2006. 

OLIVEIRA, T. G. & CASSARO, K. Guia de campo dos felinos do Brasil. Instituto Pró- Carnívoros; Fundação Parque Zoológico de São Paulo; Sociedade de Zoológicos do Brasil; Pró- Vida Brasil: São Paulo, 80 p. 2005.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. É um lindo animal! É uma pena que não haja preocupação por parte da maioria dos humanos em preservar o habitat desses animais tão especiais. Espero que essa espécie consiga se manter em nosso planeta. Gostaria de um dia poder vê-lo na natureza, principalmente no território do Estado do Rio Grande do Norte.

    Patrick Freire - RJ - Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Olá senhor Patrick, fico feliz com sua participação nesse blog. é uma triste verdade,nas áreas protegidas( como APA,RPPN,PARQUES etc), não existe fiscalização intensiva em prol da proteção da biodiversidade local.Votos de Paz,Saúde e Sucesso para o senhor e família!!!Atenciosamente
    Francisco V. de Souza,Graduando em Ciências Biológicas.

    ResponderExcluir